Categories Menu

Postado por em 15 junho, 2016 em Artigos Yoga | 0 Comentários

Meditação do Inverno

Meditação do Inverno

Pra mim as principais datas comemorativas são as trocas das Estações.
Pois as Estações da Natureza acontecem também dentro do nosso corpo e estado emocional.
Quem está acostumado a prestar atenção em si mesmo e na natureza já deve ter observado isso.
Uma pessoa para ser integral, feliz, próspera e bela, precisa estar em sintonia com os Ciclos da Terra,
Pois somos filhos da Terra, dela viemos e para ela voltaremos.
Se quiser ter uma vida legal morando no Planeta Terra, precisará estar em harmonia com Ela!
No inverno todos os animais se recolhem, buscam mais silêncio, repouso e armazenamento de Energia.
Esse é o estado interno que devemos permitir nessa estação:

Recolhimento,
Repouso,
Silêncio,
Introspecção,
Reflexão,
Armazenar Energia para criar novos projetos a serem criados na Primavera.

Antigamente, antes da modernidade e da castração da sabedoria natural das pessoas, o seres humanos celebravam cada troca das Estações, costumavam respeitar e ser gratos às forças da natureza. Hoje isso raramente é o praticado atualmente, infelizmente. Somente Tribos Indígenas que conseguiram manter seus verdadeiros costumes vivenciam essa essência natural.

As festas juninas de hoje guardam um pouco dessa lembrança das antigas comemorações, quando os povos para agradecer as colheitas dançavam em volta da fogueira como uma forma de homenagear o sol que alimenta as plantações.

As trocas das Estações têm uma conotação Espiritual desde os tempos remotos. Pode observar que cada troca de estação hoje está relacionada à alguma data religiosa comemorativa: Primavera (Nossa Senhora Aparecida), Verão (Natal), Outono (Páscoa) e Inverno (São João).
Na verdade as religiões modernas aproveitaram as celebrações antigas para vincular suas comemorações perto de datas que já eram festejadas popularmente muito antes do surgimento das religiões. Isso foi uma estratégia histórica para ter uma popularidade mais garantida nas festas religiosas, visando captar adeptos para as religiões que surgiam.
Só que essas datas já eram celebrações para a Natureza muito, muito tempo antes de surgirem as religiões!

Procure se conectar com a natureza, seus elementos, seus ciclos e trocas das estações. Respeite e agradeça sempre. Te garanto que você vai se surpreender!

Boa Prática. Espero que um dia você também possa sentir os elementos da natureza atuando claramente dentro e fora de seu corpo.

Namastê!
Naiana – SaudeSemLimites.com.br

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 4 =